Quando o casamento acabou, os filhos foram com a mãe. Ele quis ficar com o apartamento. Não atendia mais os amigos, não olhava as plantas, calou-se, até sumir dentro do seu quarto.

Fechou porta e janela para a vida e as alegrias

Anúncios

9 Respostas to “”

  1. Fabiana Says:

    o ser humano tem disso, fugir dos outros quando quer despistar a si.

  2. Marina Says:

    A perda é uma coisa que só quem já sentiu pode julgar. Sempre faz mais estrago do que deve. Nem o tempo cura. Só torna tolerável.

    Ótimo miniconto.

  3. Lívia Says:

    Adorei o seu poder de concisão.

    beijinho*

  4. yasmin Says:

    louraidan, preciso do seu e-mail!

  5. iarinha Says:

    Cadê as atualizações, moço?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: