Estava na rua, quando começou a pingar. Tentou correr, mas a água caiu muita e com pressa. Já toda molhada, resolveu se entregar. Não se lembrava de ter tomado banhos de chuva antes. E gostou: descobriu que a liberdade era mesmo para poucos.

La libertad es una niña hermosa y pura

Anúncios

5 Respostas to “”

  1. Dario Says:

    Para poucos e, como diz a música, pura. E foi inevitável não ouvir a voz da Elis ao final. (=

  2. sunflower Says:

    sendo de Belém, amo um banho de chuva bem mais que um de sol. Um limpa a alma, o outro torra o juizo.

    • Louraidan Says:

      Dizem que em Belém o pessoal marca de sair depois das chuvas, né? Tipo, vamos nos encontrar após a terceira chuva amanhã? Isso é verdade ou é lenda?

      Acho o Norte sagrado.

  3. sunflower Says:

    Verdade, verdade, não é, pois a chuva só tem hora pra começar. Lá vai uma verdade: lá (faz 12 anos que não moro mais em Belém, por isso é “lá” agora) só temos duas estações – a que chove todo dia e a que chove o dia todo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: