A moça negra lá do alto, do sei lá qual andar, dependurava no vidro a limpar a janela. Cá embaixo, o rapaz de preto sentado no ponto de ônibus subia a cabeça e, por vezes, via a mulher se equilibrando no prédio. Não pensavam em nada. E os dois nem sabiam que estavam juntos na mesma avenida cheia de carros e pessoas que não param.

Estamos muito próximos, mesmo sem querermos

Anúncios

5 Respostas to “”

  1. sunflower Says:

    Li hoje mesmo, num blog gringo: “You have no idea how close we are to each other.”

    Tá vendo como você está certo? Há!

  2. Felipe A. Carriço Says:

    Pena a distância entre eles ter diminuido tão rapidamente.
    Todos na rua pararam.

  3. Dario Says:

    Numa dessas a gente encontra a pessoa de nossas vidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: